News Stories

Honolulu Festival

Detalhe de um carro alegórico que fará parte do desfile do festival amanhã.

Detalhe de um carro alegórico que fará parte do desfile do festival amanhã.

Durante todo este final de semana acontece um dos maiores eventos culturais aqui no Hawaii, o 16º Honolulu Festival, com apresentações musicais, artes marciais, workshops, danças e outras atividades.

Este festival funciona mais ou menos como os grandes festivais internacionais de teatro brasileiros. Vários palcos ao mesmo tempo, shows diferentes, localizados em vários pontos da cidade. A única desvantagem é que, obviamente, não dá para ver tudo. A gente escolheu o local principal do evento, onde acontece as principais atrações, o Centro de Convenções de Honolulu.

A maioria dos espetáculos são de artistas vindos do Japão. Em apoio à cultura, estes grupos vêm de graça para se apresentar aqui no Havaí. É uma honra assistir um festival tão grande, tão bem organizado e de tamanha qualidade.

Hoje vimos várias apresentações de taikos (tambores japoneses), show com lutas de samurais, demonstração de karatê, cantores de músicas japonesas acompanhados de instrumentos à moda antiga do Japão, muito interessantes. Eu nunca tinha visto ao vivo estes instrumentos, só em filmes. Vimos também várias danças e coreografias japonesas, quase impossível de serem descritas em palavras.

Grupo japonês que apresentou dança com os tambores (taikô)

Grupo que apresentou danças tradicionais japonesas. Olha que colorido!

Apresentação de tambores (taikô), surpreendente!

Apresentação de tambores (taikô), surpreendente!

Lutador se concentrando antes de quebrar as telhas com golpe de karatê.

Lutador se concentrando antes de quebrar as telhas com golpe de karatê.

Foram tantos grupos, tivemos que escolher apenas algumas fotos.

Foram tantos grupos, tivemos que escolher apenas algumas fotos.

Cantoras usando um instrumento de madeira que faz um som de rangido.

Cantoras usando um instrumento de madeira que faz um som de rangido.

Alguns dos artistas posavam para fotos depois, no salão.

Alguns dos artistas posavam para fotos depois, no salão.

Além do palco principal, o Centro de Convenções tinha um outro palco, com outras apresentações que a gente não pôde acompanhar. Outros eventos estavam acontecendo também, como corais, show instrumental de música clássica e até um campeonato de danças típicas havaianas, o hula.

Vários stands estão montados no hall do Centro de Convenções, com inúmeras atividades para crianças e adultos, venda de artesanatos japoneses, workshops e outras atividades interativas.

O Franky aprendeu a fazer origami pela primeira vez. Nunca pensei que ele nunca tinha feito as famosas dobraduras japonesas. Ele fez um quimono e um cisne tradicional.

Um outro stand escrevia o nome da pessoa em chinês. Achamos o máximo. A gente escolheu um marcador de livro com uma pedra com significados como felicidade (foi a que eu escolhi) e outros. E então eles escreviam os caracteres chineses com pincel e nankin preto.

Bonecos japoneses expostos dentro do Centro de Convenções.

Bonecos japoneses expostos dentro do Centro de Convenções.

Estas são as artistas que escreveram o nosso nome em chinês.

Estas são as artistas que escreveram o nosso nome em chinês.

O do Franky (Frank, da esquerda) e o meu sobrenome (Umetsu).

"Frank" (à esquerda) e o meu sobrenome, "Umetsu".

Sushi da Hello Kitty. Esta parte de fora é feita de ovo.

Sushi da Hello Kitty. Esta parte amarela de fora é feita de ovo.

Este Centro de Convenções é enorme, parece um aeroporto.

O Centro de Convenções é enorme, parece um aeroporto. E todo de vidro.

Salão de entrada do Centro de Convenções com os peixes japoneses.

Salão de entrada do Centro de Convenções com os peixes japoneses.

Fizemos estas faixas para colocar na cabeça, com carimbos japoneses.

Fizemos estas faixas de pano para colocar na cabeça, com carimbos japoneses.

Amanhã tem, além de várias apresentações, um desfile com vários tambores, carros alegóricos com dragões e temas orientais, danças e demonstrações de artes marciais na rua. Vai percorrer toda a Kalakaua, a avenida principal em Waikiki.

Eu nunca pensei que assistiria um evento como esse aqui no Hawaii, um evento tão japonês, nos Estados Unidos. Tudo era bilíngue, me senti metade no Japão. Uma oportunidade que não se tem todos os dias.

Related articles

  • De Kailua a São José do Rio Preto

    A nossa última semana foi que nem final de novela. Tudo acontecendo ao mesmo tempo, muita expectativa e dando tudo certo no final. Bem, resumindo, porque não tive tempo nem de postar no blog tamanha a correria, entregamos o studio, recebemos de volta o nosso depósito do aluguel, zeramos a nossa conta no Bank of

  • Dica de Animação Francesa

    Outra dica de filme de animação é o maravilhoso e criativo Panique Au Village (A Town Called Panic, em inglês), de 2009. Assisti pelo abençoado NetFlix em francês, com legendas em inglês. Tem no YouTube o filme inteiro (legendado também) dividido em 6 partes, para quem se interessar. Pena que não funciona o NetFlix no

  • Exposição de Bonecos Japoneses

    Quero postar algumas fotos da exposição de bonecos japoneses no Shirokiya, loja dentro do shopping Ala Moana Center (Honolulu, Havaí). É uma exposição especial para este mês de março, que comemorou (no dia 3) o ‘Dia das Meninas’ (no Japão). As fotos não ficaram muito boas porque tinha sempre um vidro de proteção na frente

  • O Melhor da Culinária Oriental

    Esta semana aproveitamos para ir mais uma vez no restaurante oriental Shirokiya (que é também loja de departamentos e supermercado) no shopping Ala Moana Center, em Honolulu. Compramos várias bandejinhas diferentes, um verdadeiro banquete oriental. Nossos dias estão contados aqui no Havaí. Começo do mês que vem, abril, estaremos de volta no Brasil. Não vemos

  • Filme Rango

    Hoje fomos assistir Rango, o novo filme de animação que não tinha como dar errado. Como era de se esperar, é sensacional. Pagamos apenas $4.50 cada, promoção do Fandango (venda de ingressos online) com o site de compras coletivas Living Social. Assitimos no cinema do Windward Mall, em Kaneohe. Várias coisas aconteceram nos últimos dias. Minha

Leave a Reply

Todas as Viagens

Comentários

  • João Pedro Benacchio: Pessoal não fui eu quem escreveu esse...
  • Gustavo Woltmann: Lindas imagens da cidade. Fui para Balneário...
  • denise: anonimo já diz covarde , ignorante e preconceituoso, vc...
  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...