News Stories

A Volta pela Big Island

Esta ilhazinha fica em Captain Cook, na costa leste da Big Island, no Havaí.

Esta ilhazinha fica em Captain Cook, na costa leste da Big Island, no Havaí.

Pretendemos dar uma volta em toda a Big Island. Começamos pelo camping em Hilo e região (leste da ilha) e dirigimos em direção ao sul, passando novamente pelo Parque Nacional dos Vulcões, onde dormimos uma noite fria no carro.

Fizemos altas caminhadas no parque, uma delas atravessando uma cratera enorme do vulcão, uma trilha de quase 8 quilômetros com chuva fraca. Fizemos as principais trilhas e passeios, visitamos o ponto mais alto do parque onde as nuvens ficam na altura do nosso rosto.

Trilha (Kilauea Iki Trail) muito cansativa de quase 8 quilômetros, na chuva.

Trilha (Kilauea Iki Trail) muito cansativa de quase 8 quilômetros, na chuva.

É uma imensidão dentro da cratera. Em alguns pontos saem fumaça da terra.

É uma imensidão dentro da cratera. Em alguns pontos saem fumaça da terra.

A trilha é longa mas compensa. É uma experiência única.

A trilha é longa mas compensa. É uma experiência única.

Pelo parque a gente encontra algumas flores nascendo "das cinzas".

Pelo parque a gente encontra algumas flores nascendo "das cinzas".

Algumas lavas cobriram árvores e arbustos formando estas esculturas.

Algumas lavas cobriram árvores e arbustos formando estas esculturas.

Algumas árvores receberam respingos de lava que viraram pedras por entre os galhos.

Respingos de lava que viraram pedras por entre os galhos das árvores.

Encontramos uma área com rochas formadas de lavas e metais, bem leves.

Encontramos uma área com rochas formadas de lavas e metais, bem leves.

Indo para a costa oeste da ilha, a paisagem começa a mudar. Ao invés de apenas rochas negras, começam a aparecer areias brancas, dando um contraste interessante.  A estrada é uma só, a Kamehameha Hwy., que contorna praticamente toda a ilha.

A estrada tem uma sequência de árvores diferentes. Às vezes todas de troncos claros, quase brancos, outras mais escuras, formando uma imensa cerca verde por toda a trajetória. Em muitas áreas a gente observou as primaveras coloridas beirando a estrada, aquelas flores que têm no Brasil, de todas as cores, tão lindas.

Colhemos cajus de um pé carregado que estava no caminho, vimos uma zebra com uns cavalos, muitas lojas rústicas, caixas postais quase no meio da rua pertencentes às casas escondidas no meio do mato. Uma delas era muito bonita, em formato de flamingo cor-de-rosa.

As águas do mar começam a ficar mais claras no lado oeste da Big Island.

As águas do mar começam a ficar mais claras no lado oeste da Big Island.

Mas as rochas negras continuam, cercando toda a paisagem da costa leste.

Mas as rochas negras continuam, cercando toda a paisagem da costa leste.

Vimos várias praias, baías e parques no caminho.

Vimos várias praias, baías e parques no caminho. Paramos em todos.

Cajus que a gente apanhou no caminho, quase em Kona. Deliciosos!

Cajus que a gente apanhou no caminho, quase em Kona. Deliciosos!

Chegando na área de Kona, a parte mais civilizada da ilha, começamos a ver semáforos, ruas movimentadas, comércio mais intenso, shoppings e todas as outras lojas que a gente estava acostumado a ver em Honolulu.

Como estamos fazendo a viagem de carro é possível pararmos em todas as praias no caminho, parques e vistas. Não deixamos passar um. Uma viagem muito agradável, com paisagens que nunca deixam a estrada monótona.

No caminho encontramos várias lojas onde vendem o café de Kona. Passando pela estrada é possível até sentir o cheiro do café destas lojas, em ruas estreitas. Kona é quente, florida e não chove como a parte leste da ilha.

Related articles

  • De Kailua a São José do Rio Preto

    A nossa última semana foi que nem final de novela. Tudo acontecendo ao mesmo tempo, muita expectativa e dando tudo certo no final. Bem, resumindo, porque não tive tempo nem de postar no blog tamanha a correria, entregamos o studio, recebemos de volta o nosso depósito do aluguel, zeramos a nossa conta no Bank of

  • Dica de Animação Francesa

    Outra dica de filme de animação é o maravilhoso e criativo Panique Au Village (A Town Called Panic, em inglês), de 2009. Assisti pelo abençoado NetFlix em francês, com legendas em inglês. Tem no YouTube o filme inteiro (legendado também) dividido em 6 partes, para quem se interessar. Pena que não funciona o NetFlix no

  • Exposição de Bonecos Japoneses

    Quero postar algumas fotos da exposição de bonecos japoneses no Shirokiya, loja dentro do shopping Ala Moana Center (Honolulu, Havaí). É uma exposição especial para este mês de março, que comemorou (no dia 3) o ‘Dia das Meninas’ (no Japão). As fotos não ficaram muito boas porque tinha sempre um vidro de proteção na frente

  • O Melhor da Culinária Oriental

    Esta semana aproveitamos para ir mais uma vez no restaurante oriental Shirokiya (que é também loja de departamentos e supermercado) no shopping Ala Moana Center, em Honolulu. Compramos várias bandejinhas diferentes, um verdadeiro banquete oriental. Nossos dias estão contados aqui no Havaí. Começo do mês que vem, abril, estaremos de volta no Brasil. Não vemos

  • Filme Rango

    Hoje fomos assistir Rango, o novo filme de animação que não tinha como dar errado. Como era de se esperar, é sensacional. Pagamos apenas $4.50 cada, promoção do Fandango (venda de ingressos online) com o site de compras coletivas Living Social. Assitimos no cinema do Windward Mall, em Kaneohe. Várias coisas aconteceram nos últimos dias. Minha

2 Comments

  1. Gabi
    / Responder

    Hello, question please.

    the picture of the cashew plant, looks like pepper. Are the kernels inside or are the stems these very expensive nuts we can buy in Germany?

    • Loo / Blog Viagens
      / Responder

      The cashew is very pretty and tasty (Franky doesn’t like it so much)! We have it at the ‘chacara’, em Guapiaçu too, but now it is not time for the fruits, we must wait a few months. The kernels outside is the famous and expensive nuts in Germany. They come all from here, tropical countries!

Leave a Reply

Todas as Viagens

Comentários

  • João Pedro Benacchio: Pessoal não fui eu quem escreveu esse...
  • Gustavo Woltmann: Lindas imagens da cidade. Fui para Balneário...
  • denise: anonimo já diz covarde , ignorante e preconceituoso, vc...
  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...