News Stories

O Café de Kona, na Big Island

Café 100% Kona, produzido nas regiões montanhosas da Big Island, no Hawaii.

Café 100% Kona, produzido nas regiões montanhosas da Big Island, no Hawaii.

região de Kona é mundialmente conhecido pelo café produzido nas regiões montanhosas da Big Island. Toda a ilha vende o café de alta qualidade e muito saboroso.

Passeando pelas lojas de Kona, a gente experimentou as amostras de café que eles dão nas ruas e lojas. O café de Kona é suave, sem o amargo característico do café comum. É bem saboroso, bem parecido com o café do Brasil (os de boa qualidade).

Uma das mulheres que estava servindo o café de Kona estava explicando para a gente que o café que ela tinha para vender lá era bem fresco, tostados de manhã. Quando o café é fresco, recém-tostado, a embalagem fica até estufada. O ar sai por um furinho existente nas embalagens especiais de café fresco.

Experimentamos o delicioso café de Kona oferecidos pelos vendedores nas ruas.

Experimentamos o delicioso café de Kona oferecidos pelos vendedores nas ruas.

Um pacote de café 100% Kona custa 22 dólares, meio caro.

Um pacote de café 100% Kona custa 22.50 dólares, meio caro.

As plantações de café são de tradição familiar havaiana, de gerações.

As plantações de café são de tradição familiar havaiana, de gerações.

Existem várias marcas de café no mesmo estilo, 100% Kona.

Existem várias outras marcas de café no mesmo estilo, 100% Kona.

Estes são os cafés 100% Kona. Existem alguns cafés vendidos nos supermercados e lojas, os chamados 10% Kona, um pouco mais baratos. São os cafés de Kona misturados com os cafés do terceiro mundo, como o Brasil e Indonésia. A qualidade destes outros cafés é praticamente a mesma, mas a mão-de-obra é mais barata.

Estamos voltando aos poucos para a área de Hilo, onde iremos pegar o nosso voo para Maui, a outra ilha havaiana. A gente vem do norte para o nordeste, onde fica o aeroporto de Hilo.

Esta montanha fica na parte norte da ilha, existem várias assim por lá.

Esta montanha fica na parte norte da ilha, existem várias assim por lá.

A gente nunca se cansa de fotografar as flores por onde andamos.

A gente nunca se cansa de fotografar as flores por onde andamos.

Águas claras em alguns pontos agitados do mar. Rochas pretas.

Águas claras em alguns pontos agitados do mar. Rochas pretas.

Algumas fazendas lindas na parte country da ilha, área central da Big Island.

Algumas fazendas lindas na parte country da ilha, área central da Big Island.

Vimos mais montanhas, fazendas e várias áreas no estilo country. Algumas cidades um pouco maiores no caminho com supermercados e algumas outras lojas conhecidas, mas bem poucas. Tudo muito calmo, bem afastado de tudo e muita área verde florida.

Conhecemos a área de pescadores onde dormimos uma noite. Eles saem no meio da noite para pescar com seus barcos. O vilarejo é movimentado, gente chegando e saindo a noite toda. A cidade é tão pequena que o pessoal toma cerveja nas ruas, considerado contra a lei dos Estados Unidos. Muito bonita a vista dos barcos à noite, banhados pela lua cheia.

Vilarejo dos pescadores. Dormimos uma noite lá, com lua cheia e tudo.

Vilarejo dos pescadores. Dormimos uma noite lá, com lua cheia e tudo.

No caminho para Hilo, na parte country, as placas de "pare" são em havaiano.

No caminho para Hilo, na parte country, as placas de "pare" são em havaiano.

Paisagens maravilhosas no caminho, como sempre, em todo o redor da ilha.

Paisagens maravilhosas no caminho, como sempre, em todo o redor da ilha.

A expedição Big Island está chegando ao fim. Maui “express vai começar, durando apenas 3 dias. Pretendemos percorrer a ilha toda também, de carro. Agora somos especialistas em explorar as ilhas do Havaí. Provavelmente vamos dormir no carro por lá também. É mais prático e econômico.

Related articles

  • De Kailua a São José do Rio Preto

    A nossa última semana foi que nem final de novela. Tudo acontecendo ao mesmo tempo, muita expectativa e dando tudo certo no final. Bem, resumindo, porque não tive tempo nem de postar no blog tamanha a correria, entregamos o studio, recebemos de volta o nosso depósito do aluguel, zeramos a nossa conta no Bank of

  • Dica de Animação Francesa

    Outra dica de filme de animação é o maravilhoso e criativo Panique Au Village (A Town Called Panic, em inglês), de 2009. Assisti pelo abençoado NetFlix em francês, com legendas em inglês. Tem no YouTube o filme inteiro (legendado também) dividido em 6 partes, para quem se interessar. Pena que não funciona o NetFlix no

  • Exposição de Bonecos Japoneses

    Quero postar algumas fotos da exposição de bonecos japoneses no Shirokiya, loja dentro do shopping Ala Moana Center (Honolulu, Havaí). É uma exposição especial para este mês de março, que comemorou (no dia 3) o ‘Dia das Meninas’ (no Japão). As fotos não ficaram muito boas porque tinha sempre um vidro de proteção na frente

  • O Melhor da Culinária Oriental

    Esta semana aproveitamos para ir mais uma vez no restaurante oriental Shirokiya (que é também loja de departamentos e supermercado) no shopping Ala Moana Center, em Honolulu. Compramos várias bandejinhas diferentes, um verdadeiro banquete oriental. Nossos dias estão contados aqui no Havaí. Começo do mês que vem, abril, estaremos de volta no Brasil. Não vemos

  • Filme Rango

    Hoje fomos assistir Rango, o novo filme de animação que não tinha como dar errado. Como era de se esperar, é sensacional. Pagamos apenas $4.50 cada, promoção do Fandango (venda de ingressos online) com o site de compras coletivas Living Social. Assitimos no cinema do Windward Mall, em Kaneohe. Várias coisas aconteceram nos últimos dias. Minha

5 Comments

  1. Camille Soares
    / Responder

    Estou me divertindo com o Blog! rs Tudo que vejo de interessante eu anoto pra não esquecer de fazer quando chegar ai! Ja tenho uma listinha de comidas, bebidas, lugares para conhecer…
    Não sei se lembram de mim, comentei mês passado que vou em Julho ficar um mês e vou sozinha, ai você disse pra eu entrar em contato com brasileiros antes de chegar na ilha, pela comunidade no orkut. Então esse é o problema, não estou conseguindo encontrar brasileiros lá em Waikiki. Se você tiver conhecidos brasileiros lá e puder me passar o e-mail deles ou orkut eu agradeço. Com conhecidos é muito mais facil conhecer os lugares, alugar carro, fazer viajens etc.
    Obrigada! Abs

    • Loo / Blog Viagens
      / Responder

      Oi, Camille, a gente não conheceu muitos brasileiros em Waikiki não, mas vou te passar um email de uma grande amiga nossa que conhecemos por lá através do blog, a Naíssa. Ela é muito gente boa, tomamos cerveja e fizemos churrasco juntos > naissa@gmail.com
      Que legal que você está gostando do blog, ficamos felizes! Abs

  2. Camille Soares
    / Responder

    Ta ótimo! Muito Obrigada mesmo! Vou entrar em contato com ela.

    • Alexej
      / Responder

      Cassandra disse:Fortaleza este1 entregue A BARATA na vaddere. Prefeita,aproveite esse movimento,isso e9 um favor que o Vereador Ple1cido Filho este1 fazendo a senhora.Poupando-lhe de algo que a senhora deveria estar fazendo que e9 andar pelas ruas da cidade,conversar com o povo e saber de suas reais necessidades ao inve9s de ficar exibindo na tv propagandas mirabolantes,que sf3 vossa exceleancia mesmo pra acreditar,nos poupe por favor!!

Leave a Reply

Todas as Viagens

Comentários

  • João Pedro Benacchio: Pessoal não fui eu quem escreveu esse...
  • Gustavo Woltmann: Lindas imagens da cidade. Fui para Balneário...
  • denise: anonimo já diz covarde , ignorante e preconceituoso, vc...
  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...