News Stories

A Terapia da Viagem

O plano é ficar o mínimo de tempo na poluição de São Paulo e ir direto para as plumerias do Hawaii.

O Hawaii todo perfumado nos aguarda, depois de 2 ônibus e 3 voos até lá.

Descobrir qual a melhor forma de chegarmos ao aeroporto internacional de Guarulhos está sendo mais difícil do que comprar as passagens para o Havaí que inclui sair de São Paulo, passar pelo México, Los Angeles e chegar em Honolulu.

Não são muitos ônibus que fazem a linha São José do Rio Preto – São Paulo. Acho que apenas 3 empresas. Vamos de Cometa, o mais barato e com website que funciona melhor.

O mais preocupante é chegar no terminal Barra Funda e chegar a tempo no aeroporto. Não queremos ficar a vida toda esperando a hora de embarcar no aeroporto, mas também não queremos correria de última hora e risco de perder o voo.

Pesquisando na internet descobrimos que o Google Maps não funciona a função ‘rota’ (tranportes públicos) para chegarmos até o aeroporto de Guarulhos (GRU). Na verdade nós descobrimos da vez passada, só queríamos testar se havia mudado alguma coisa. Nada.

Existe uma empresa chamada Pássaro Marrom que parece que começou a fazer a linha Barra Funda – Guarulhos. Eu mandei um email de contato para descobrir os horários e preços porque o formulário de pesquisa não funciona nem no Chrome nem no Explorer.

Existe o serviço da EMTU, tranporte público, que deve fazer este serviço também, mas eu achei muito confusa a maneira em que são explicados os horários. Mandei email também. A impressão que dá é que as companhias de transportes brasileiras não estão nada preparadas ainda para os serviços online.

É por isso que eu gosto de viagens longas, digo, de ficar um bom tempo no destino. Porque aí tem tempo de se recuperar do stress da ida e enfrentar todo o ‘sobe-desce’ da volta. E desta vez vamos somente com bagagens de mão na ida para facilitar, mas na volta a gente traz tudo desta vez. Nada de jogar tudo fora como foi da última vez.

Não vejo a hora de enterrar os dedos dos pés nas areias finas e brancas de Waikiki. Ver o movimento colorido do dia, o pôr-do-sol e os fogos de artifícios sobre as ondas noturnas do paraíso havaiano.

Related articles

  • Pomerode – Santa Catarina, Brasil

    Pomerode é um município do estado de Santa Catarina, no Brasil. Localizado no Vale do Itajaí, é conhecido por ser “A cidade mais alemã do Brasil”.

  • Santuário Ecológico de Pipa – RN, Brasil

    O Santuário Ecológico de Pipa fica no município de Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte. Vale muito a pena a visita principalmente pelas 16 trilhas que levam a vários mirantes com vistas para a Baía dos Golfinhos e Praia do Madero.

  • Pipa – Rio Grande do Norte, Brasil

    A Praia de Pipa fica no município de Tibau do Sul, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil, a 85km de Natal. É o único lugar do mundo onde a paisagem se compõe de dunas e falésias juntas.

  • Genipabu – Rio Grande do Norte, Brasil

    O Parque Tutístico Ecológico Dunas de Genipabu (ou Jenipabu) fica próximo à capital do Rio Grande do Norte, Natal. Localizada no município de Extremoz, RN, Brasil.

8 Comments

  1. Adriano B.
    / Responder

    Olá! Achei seu blog procurando informações sobre Honolulu.
    Me chamo Adriano, tenho 20 anos e vim morar em Orlando por uns meses para aprender ingles. Porem como ja era de se esperar, vi que Orlando não é o lugar ideal para aprender ingles e estou procurando uma cidade para que eu possa realmente aprender o ingles. Pensei em ir para alguma cidade do norte, mais como não sou muito fã de frio, me interessei bastante em ir para o Hawaii. Estou querendo ir em Dezembro para Honolulu, porém tenho algumas dúvidas, como exemplo: Se tem muito brasileiro por lá, se a lingua é diferente do ingles falado na florida por exeplo (sutaques), se o sistema de transporte é bom (ou pelo menos melhor do que o de Orlando), e se é uma boa cidade para se morar e aprender o inglês.
    Se poder me ajudar com algumas respostas e dicas, ficarei muito grato!

    Adriano Bandeira.

    • Loo / Blog Viagens
      / Responder

      Oi, Adriano!

      Eu morei 5 anos em Orlando, sei do que está falando. No Hawaii tem menos brasileiros morando lá, mas tem turistas demais, principalmente em Waikiki. Para você ter uma idéia, tem muito mais turistas na ilha do que moradores. Isso quer dizer, também não é o lugar ideal para melhorar o inglês.

      Em Honolulu tem muita influência asiática. Então, em um ônibus você vai encontrar gente falando em japonês, coreano, tailandês, chinês e assim por diante. Fora os outros turistas.

      Em Orlando tudo é em 2 línguas: inglês e espanhol. No Hawaii é inglês e japonês. Os japoneses são os turistas ‘mais bem-vindos’ da ilha, pois são os que gastam mais.

      Mas é muito interessante. Vale a pena. E é aquele negócio, se você quiser mesmo aprender inglês assista sempre TV americana, rádio, leia jornais. Orlando é uma cidade muito chata e vazia. Honolulu é o oposto disso. Principalmente culturalmente.

      O sistema de ônibus público no Hawaii é considerado o melhor dos Estados Unidos. Mas mesmo assim demora demais para chegar em outros pontos da ilha, tendo que, na maioria das vezes, trocar de linha. Andar de ônibus é aquela vida, você sabe. Mas não atrasa como os de Orlando.

      Eu também detesto frio.

  2. TaQ
    / Responder

    Oi Lu!

    Qual a dificuldade que vocês tiveram para comprar as passagens no site da Itamarati?

    Vou chutar e pensar que talvez fosse o cadastro do Programa Fidelidade que era necessário para compra de passagens, mas a partir da semana passada você pode fazer um cadastro básico com apenas 5 campos, confirmar o email e comprar suas passagens utilizando cartão de crédito (apenas Visa no momento).

    Se não for isso, me fala o que você encontrou de dificuldade que será de grande valia. O site desde que foi feito funciona em todos os navegadores (ah, como eu queria me livrar do explorer …) e acredito que é oo mais comprometido nesse sentido dos que tem por aí. Ah, sou eu que faço o site, por isso que pergunto. 🙂

    Atualmente estamos testando uma interface para dispositivos móveis também, se o projeto engatar aqui vai ficar bem legal, já tem 2 páginas respondendo para formatos de telas menores.

    Abraço!

    • Loo / Blog Viagens
      / Responder

      Oi, Taquinho, tudo bem?

      Então, faz já um tempo que eu pesquisei no site da Itamarati, mas fazendo a pesquisa hoje acho que eu descobri o que aconteceu.

      Quando a gente pesquisa uma viagem de São José do Rio Preto para São Paulo, por exemplo, aparece no itinerário ‘Mirassol V’ ao invés de Rio Preto. Aí eu fiquei confusa, não sabia se saía de Rio Preto ou Mirassol (e no site não aparece o endereço do terminal rodoviário).

      Afinal, sai de Rio Preto, na rodoviária ou não?

      Aí, como internauta típica que sou, sem paciência, já fui para a outra tab ‘em andamento’ e fechei o site da Itamarati.

      Foi isso, não me mate! 😉 Abraços!!

  3. TaQ
    / Responder

    Oi Lu!

    Eu só precisaria te matar se tivesse que explicar o porque de aparecer o “Mirassol V” ao invés de “São José do Rio Preto” ahuauuaa. Para não ter derramamento de sangue então (ahuahua) deixa por isso mesmo, esse aí sai lá da General Glicério. 🙂 Mas vou passar isso para a turma lá, é sempre importante às vezes dar uma cutucadinha … obrigado pelo feedback!

    Da próxima tenta lá de novo, tá ficando bem legal e daqui a pouco vai dar para comprar direto do celular.

    Abraço!

    • Loo / Blog Viagens
      / Responder

      Ok, eu aceito o derramamento de sangue, mas então me diga que diabo é ‘Mirassol V’!!!! Eu sou rio-pretense, juro, mas não sei o que é!! Buáaaa..

  4. TaQ
    / Responder

    O dia que a gente se encontrar por aqui eu te conto a história. 🙂

  5. Marcos
    / Responder

    Eu ate9 hoje ne3o sei exatamente o que pode ser uma boeabgm! A Minha boeabgm termina quando a do outro comee7a. Ne3o pode ser assim? O Mundo e9 movido por bobagens. Besteiras poledticas, musicais, intelectuais, artedsticas, pessoais, organizacionais, fotogre1ficas. Com a internet, as bobagens e besteiras se multiplicam. Mas, quem sabe se o que o outro este1 falando e vocea lendo e9 realmente uma grande besteira, uma bruta boeabgm.Quem nunca falou uma boeabgm na vida ou fez uma besteira que atire a primeira pedra. Eu por exemplo sf3 consegui minha carta de alforria, sai de uma grande empresa e senti a liberdade para dizer as “bobagens e besteiras” que eu acho de comunicae7e3o. Antes, ne3o poderia. Certamente seria colocada no tronco e levaria mais de 100 chibatadas, esporros mesmo, porque abri o bico e soltei um bando de besteiras, que para mim, significavam verdades.Hoje, tenho a liberdade para sentar e escrever as minhas bobagens e como diz a Schiesse, basta teclar o DEL caso ache o que estou falando uma grande besteira.Todos os dias nossas caixas postais se3o lotadas de besteiras e lixos. Correntes de orae7e3o, piadinhas. Muitos passam por cima, ne3o leem e pensam: “le1 vem fulaninho encher a minha caixa postal com suas besteiras”. Pode ser para vocea que recebeu, mas para quem passou ne3o e9.Bem, o dia que eu conseguir saber o que realmente e9 uma besteira, possivelmente eu estarei estabelecendo uma linha divisf3ria entre o real e o ne3o real. Sere1 que estou falando uma besteira? Ihhhhhh! Muito papo cabee7a!

Leave a Reply

Todas as Viagens

Comentários

  • João Pedro Benacchio: Pessoal não fui eu quem escreveu esse...
  • Gustavo Woltmann: Lindas imagens da cidade. Fui para Balneário...
  • denise: anonimo já diz covarde , ignorante e preconceituoso, vc...
  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...