mar 162011

Fomos ontem no curso de culinária aprender a fazer comida mexicana saudável.

Continuando a minha ‘investigação’ sobre os alimentos nos Estados Unidos, assisti recentemente os documentários sobre o assunto: ‘Food Inc.’, ‘Fed Up!’, ‘Food Matters’ e ‘The Future of Food’. Eu já tinha visto ‘Super Size Me’ e outros.

Este estudo sobre a alimentação americana está sendo uma das maiores descobertas desde que eu moro nos Estados Unidos, faz 6 anos. Estes filmes mostram o porquê dos americanos estarem obesos, o monopólio das indústrias alimentícias, a baixa qualidade das carnes em geral e como funciona todo o sistema do Fast Food, barato e tóxico dos Estados Unidos.

Eu comecei até a me interessar sobre a alimentação vegetariana e vegana. Estamos aprendendo sobre os principais conceitos aos poucos com a ajuda das aulas de culinária oferecidas pelo supermercado de produtos naturais aqui no Havaí, o Down to Earth. O Franky vai que nem criança que não quer tomar vacina. Ontem aprendemos a fazer enchilada (uma espécie de panqueca mexicana) com salada e molho.

Desde que eu moro aqui eu tenho me preocupado muito com a alimentação. Este foi um dos fatos que eu procurei sempre trabalhar em restaurantes relacionados com comidas mais saudáveis. Trabalhei no Subway (que não é lá muito saudável, mas melhor que McDonalds) e em um restaurante japonês, o Sushiology, onde fiquei por 2 anos e onde eu almoçava todos os dias.

Nestes 6 anos aqui eu sempre me preocupei em comer cereais (matinais e aveias), que na minha opinião é muito prático, o melhor café da manhã. Aqui no Havaí eu introduzi leite de soja ao invés do leite de vaca. Eu experimentei os leites de côco e amêndoas, mas não gostei muito, achei muito aguado.

Eu já experimentei a versão original e baunilha do leite de amêndoas.

O leite de côco parece ser muito mais saboroso do que realmente é.

Morar nos Estados Unidos requer certos cuidados com a saúde. Conheço muitos brasileiros que vieram para cá e se tornaram obesos em questão de 1 ou 2 anos. A carne aqui é muito mais gordurosa, cheia de hormônios. Os vegetais são cheios de agrotóxicos, muito mais que no Brasil. Os alimentos geneticamente modificados e de alto índice calórico lotam as prateleiras dos supermercados.

O problema dos americanos vai muito além. Eu vou citando aos poucos, para amenizar o ‘terror’. Viajar é conhecer tudo o que o lugar tem de bom e de ruim. É ver de perto os costumes e os problemas das pessoas, interagir e tirar suas próprias conclusões.

2 Respostas to “Comidas mais Saudáveis”

  1. stephanie vitoria disse:

    amei os tipos de pratos,pela cara deve ser muito bom!

  2. Carlos disse:

    sthefany disse:Parabe9ns Ple1cido Filho,vocea este1 fazendo um f3timo trbhlaao.Mostre a Fortaleza Dela (Suja,cheia de crateras,faltando materiais nos hospitais pfablicos ),je1 que nas propagandas sf3 mostram como Fortaleza deve ser, e ne3o o que realmente e9, ne3o sei a quem enganam, se o que vemos em nosso cotidiano e9 totalmente o oposto. Conte com todo o meu apoio!!!

Deixe um comentário

(campo obrigatório)

(campo obrigatório)

Arquivo – Blog Viagens