News Stories

Comidas mais Saudáveis

Fomos ontem no curso de culinária aprender a fazer comida mexicana saudável.

Continuando a minha ‘investigação’ sobre os alimentos nos Estados Unidos, assisti recentemente os documentários sobre o assunto: ‘Food Inc.’, ‘Fed Up!’, ‘Food Matters’ e ‘The Future of Food’. Eu já tinha visto ‘Super Size Me’ e outros.

Este estudo sobre a alimentação americana está sendo uma das maiores descobertas desde que eu moro nos Estados Unidos, faz 6 anos. Estes filmes mostram o porquê dos americanos estarem obesos, o monopólio das indústrias alimentícias, a baixa qualidade das carnes em geral e como funciona todo o sistema do Fast Food, barato e tóxico dos Estados Unidos.

Eu comecei até a me interessar sobre a alimentação vegetariana e vegana. Estamos aprendendo sobre os principais conceitos aos poucos com a ajuda das aulas de culinária oferecidas pelo supermercado de produtos naturais aqui no Havaí, o Down to Earth. O Franky vai que nem criança que não quer tomar vacina. Ontem aprendemos a fazer enchilada (uma espécie de panqueca mexicana) com salada e molho.

Desde que eu moro aqui eu tenho me preocupado muito com a alimentação. Este foi um dos fatos que eu procurei sempre trabalhar em restaurantes relacionados com comidas mais saudáveis. Trabalhei no Subway (que não é lá muito saudável, mas melhor que McDonalds) e em um restaurante japonês, o Sushiology, onde fiquei por 2 anos e onde eu almoçava todos os dias.

Nestes 6 anos aqui eu sempre me preocupei em comer cereais (matinais e aveias), que na minha opinião é muito prático, o melhor café da manhã. Aqui no Havaí eu introduzi leite de soja ao invés do leite de vaca. Eu experimentei os leites de côco e amêndoas, mas não gostei muito, achei muito aguado.

Eu já experimentei a versão original e baunilha do leite de amêndoas.

O leite de côco parece ser muito mais saboroso do que realmente é.

Morar nos Estados Unidos requer certos cuidados com a saúde. Conheço muitos brasileiros que vieram para cá e se tornaram obesos em questão de 1 ou 2 anos. A carne aqui é muito mais gordurosa, cheia de hormônios. Os vegetais são cheios de agrotóxicos, muito mais que no Brasil. Os alimentos geneticamente modificados e de alto índice calórico lotam as prateleiras dos supermercados.

O problema dos americanos vai muito além. Eu vou citando aos poucos, para amenizar o ‘terror’. Viajar é conhecer tudo o que o lugar tem de bom e de ruim. É ver de perto os costumes e os problemas das pessoas, interagir e tirar suas próprias conclusões.

Be Sociable, Share!

Related articles

  • Comidas – Berlim, Alemanha

    Em Berlim gostamos muito das excelentes padarias em todas as esquinas, pratos típicos alemães nos diversos restaurantes, sempre com carne e batata. As saladas sempre têm frios fatiados com um molho do tipo maionese. As salsichas são deliciosas, também estão em todos os cantos na capital alemã, até (e principalmente) nas estações de trem. A

    Be Sociable, Share!
  • Berliner Bierfestival – Berlim, Alemanha

    Logo que a gente chegou em Berlim estava acontecendo o evento Berliner Bierfestival 2013, uma espécie de Oktoberfest na Karl-Marx-Allee, no centro da capital alemã. É o mais longo biergarten (corredor com mesas e cadeiras para tomar cerveja ao ar livre) do mundo. Foram cerca de 320 cervejarias de 86 países e mais de 2000

    Be Sociable, Share!
  • Comidas e bebidas – Leipzig, Alemanha

    O que eu não sabia é que na Alemanha, além das famosas cervejas, eles têm uma variedade de outras bebidas que não são tão conhecidas por nós, brasileiros. Nos restaurantes eles servem coquetéis de frutas misturados com água com gás. Eu adorei pelo fato de não ficarem muito adocicados e com um toque gasoso. O

    Be Sociable, Share!
  • Baianas & Acarajés – Bahia, Brasil

    Tipicamente baianos, a massa dos acarajés são feitos com feijão fradinho, temperados com cebola e sal. Depois de fritos no azeite de dendê, eles são cortados ao meio e recheados com camarão seco, caruru (feito com quiabo), vatapá (uma mistura grossa que geralmente é feita com farinha de rosca, pimenta malagueta, leite de côco, cebola,

    Be Sociable, Share!
  • Trancoso – Bahia, Brasil

    Trancoso é um povoado pertencente à cidade de Porto Seguro, na Bahia. Fomos pela estrada de terra antiga (para matar saudade) e voltamos pela nova (asfaltada). Visitamos o Quadrado, onde ficam a igreja e as casinhas coloridas. Tomamos batida de cupuaçu na barraca Itaoca, na Praia dos Coqueiros. Be Sociable, Share! Tweet

    Be Sociable, Share!

2 Comments

  1. stephanie vitoria
    / Responder

    amei os tipos de pratos,pela cara deve ser muito bom!

  2. Carlos
    / Responder

    sthefany disse:Parabe9ns Ple1cido Filho,vocea este1 fazendo um f3timo trbhlaao.Mostre a Fortaleza Dela (Suja,cheia de crateras,faltando materiais nos hospitais pfablicos ),je1 que nas propagandas sf3 mostram como Fortaleza deve ser, e ne3o o que realmente e9, ne3o sei a quem enganam, se o que vemos em nosso cotidiano e9 totalmente o oposto. Conte com todo o meu apoio!!!

Leave a Reply

Todas as Viagens

Comentários

  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...
  • Bilir: No deis nunca, nunca, nunca, por muerto al Madrid. Es un...
  • Maria: Oi Vinia, nao conhee7o Morgan Hill. Pelo que vc contou, deve...
  • Graças Luz: Agradeço pela gentileza!