jun 132012

São vários jegues pelas praias de Jericoacoara. Alguns solitários, outros em bandos.

E, para terminar os posts sobre Jericoacoara, vou postar algumas fotos dos jegues que vimos pela cidade.

Ficamos impressionados com estes pobres animais que parecem ter sido abandonados. Vimos jegues comendo lixo, fuçando os sacos plásticos como cachorros vira-latas, sendo maltratados por alguns nativos e alguns jegues, em bando, com filhotes, andando sem rumo pelas praias brancas de Jericoacoara.

Ficamos pensando sobre onde os jegues tomam água, rodeado de água salgada.

Os jegues são afugentados e maltratados pelos nativos para não circularem pelo centro.

Os jegues comem o lixo da cidade. Engolem sacos plásticos e outras porcarias.

Os filhotes dos jegues parecem cachorros. Andam desajeitadamente pelas areias.

Os jegues foram muito úteis em um passado recente (e ainda é, nas cidades vizinhas mais pobres) para o transporte. Hoje parece que foram substituídos por veículos motorizados.

Não dá para andar pelas ruas de areia sem prestar atenção nos bugues e motos, que são muitos. E isso que estávamos na baixa temporada e a cidade é minúscula.

Amanhã começam os posts sobre Canoa Quebrada.

Deixe um comentário

(campo obrigatório)

(campo obrigatório)

Arquivo – Blog Viagens