News Stories

  • Caminhada no Campus da UFRRJ


    O passeio no campus da UFRRJ é, sem dúvida, a melhor opção de lazer em Seropédica.

    O campus da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), em Seropédica, é um excelente lugar para caminhadas, trilhas e passeios. Apesar de não ser costume dos moradores da cidade visitarem o local.

    Plantas aquáticas em tanques.

    Tiago explicando sobre o forno de fazer carvões de eucalipto.

    Cadelinha preta com olhos azuis. Vive no campus com uma cadela branca e outra marrom.

  • Passeio cultural no Rio de Janeiro

    Santa Teresa reúne várias atrações turísticas culturais. Tudo pertinho.

    Passeamos pelas ruas do bairro histórico Santa Teresa, visitamos o Museu da Chácara do Céu, Parque das Ruínas, Museu Casa de Benjamin Constant e outros. O Convento de Santa Teresa estava fechado.

  • Parque Nacional da Tijuca

    Não dá para ir para o Rio de Janeiro e não visitar estas maravilhas.

    Nós, fazendo turismo nos pontos mais visitados do mundo, no Rio de Janeiro. Parque Nacional da Tijuca, Cristo Redentor, Corcovado, Pedra da Gávea e mirante de Dona Marta.

  • Santa Teresa – Rio de Janeiro

    Tradicional aperitivo no restaurante 'Santa Saideira', no bairro Santa Teresa, no Rio.

    Santa Teresa é um bairro do Rio de Janeiro muito turístico, com muitos restaurantes, construções históricas e bondes que circulam pelas ruas.

    Paramos para comer no restaurante Santa Saideira uma porção tradicional de carne, mandioca frita, farofa e queijo. O bar já ganhou prêmio no Comidas de Boteco. O restaurante mais famoso do bairro Santa Teresa estava lotado, o Bar do Mineiro, não conseguimos mesa.

  • Seropédica – Rio de Janeiro

    Tiago segurando a acelga chinesa (uma das espécies plantadas), sua verdura preferida.

    Na casa da Fabi (minha irmã) e do Tiago em Seropédica, no Rio de Janeiro, vimos a horta deles (muito melhor e mais bem cuidada que a nossa), as plantas, coleção de cactos, parafernália para fazer a cerveja artesanal (tomamos muitas), coleção de cuias de coités trazidos da Amazônia, armadilhas em miniaturas para animais de grande porte e tivemos até aulas sobre agricultura de subsistência.

    Fabi explicando detalhadamente sobre as plantas que eles na casa (em Seropédica).

    Comemos uma saladona feita destas verduras da horta. Estava uma delícia.

    Tambores que fazem parte do kit da cerveja artesanal. É bem difícil de se preparar.

    Cuias de coité trazidos da Amazônia. Elas são pintadas com a casca de uma planta.

    Coleção de cactos do Tiago.

    Peixe feito de palha. Bem legal, um dia vamos tentar fazer um destes.

    Aprendemos também a fazer refrigerante/champagne artesanal. Vamos tentar fazer o de limão na chácara, não sei se vai dar certo. Se der, vamos preparar um mojito especial.

  • UFRRJ – Seropédica, RJ

    UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Seropédica.

    Fomos conhecer a faculdade onde a Fabi e o Tiago dão aulas de biologia.

    Perto de onde eles moram (dá para ir à pé, nós fomos), a UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) é a maior faculdade (em termos de área construída e não construída) do país, ganhando dos campus da USP e Unicamp (onde a minha irmã já estudou).

    O prédio principal da UFRRJ me lembrou muito o Ibilce de Rio Preto (Unesp São José do Rio Preto). Muito parecido mesmo.

    A minha irmã está pensando em fazer um pós-doutorado. Eu nem sabia que existia isso. O bom é que o trabalho de campo dela (se ela resolver fazer mesmo – no Rio de Janeiro capital) será em Ilha Grande, lugar que até hoje eu não fui ainda e pretendo ir. No estilo da Ilha do Mel (Paraná).

    Seropédica é, como eu já havia ouvido falar e pelas pesquisas da internet, uma cidade bem feinha. Tem alguns pontos mais ‘arrumadinhos’ em condomínios fechados (minha irmã mora em um deles) e mais nada. O centro da cidade é de arrepiar. Os supermercados são daqueles locais, de cidades menores. Mas a universidade é bem legal e muito bonita.

  • Lapa – Rio de Janeiro

    Arte de Selaron, na Lapa, Rio de Janeiro, feito com retalhos de ladrilhos do mundo inteiro.

    O voo da Passaredo foi aprovado, apesar do atraso de 20 minutos que foi compensado pela Skol gelada servida durante o voo e os bolinhos de laranja e crackers. O avião era bem pequeno e novo, gostei. De São José do Rio Preto ao Rio de Janeiro em 1 hora e 20 minutos.

    Chegamos no aeroporto Santos Dumont e fomos direto para a Lapa. Passeamos pelas escadarias coloridas do Selaron e depois fomos tomar cerveja com croquetes de siri e bacalhau no bar Antonio’s.

  • São José do Rio Preto – Rio de Janeiro

    A Passaredo é uma das poucas companhias aéreas que tem voo direto daqui de Rio Preto.

    Chegou a hora de experimentar os serviços da Passaredo.

    Superpromoção de voo para duas pessoas, ida e volta, com todas as taxas inclusas, por R$ 309,78, diretamente pelo site da companhia aérea Passaredo. Mais barato e muito melhor do que ir de ônibus Reunidas Paulista. A maior economia foi no tempo. Ao invés de levarmos 13 horas para chegar no Rio, vamos levar apenas 1h20.

    Uma dica é pesquisar em sites como o Submarino Viagens ou Americanas para ver o melhor preço, data e a companhia aérea. Nem sempre, mas muitas vezes, reservar diretamente pelo site da companhia aérea sai mais barato. Eu paguei uns 70 reais a menos reservando pela Passaredo.

    A viagem vai ser curta, é para visitar a minha irmã, que mora no Rio de Janeiro, e aproveitar o feriado (quando eles estão de folga). Aliás, nem é na capital, é em uma cidadezinha chamada Seropédica, onde ela dá aulas e mora com o namorado (que também dá aulas na faculdade, de biologia).

    Nunca fomos para Seropédica. Nunca nem tinha ouvido falar na cidade antes da minha irmã se mudar para lá. Queremos ver o kit de cervejas artesanais que o Tiago (namorado da minha irmã) comprou. Está engarrafando cervejas de vários tipos. Já fizeram a Weissbier (ficou boa) e a tipo Franciskaner (não ficou muito boa).

Todas as Viagens

Comentários

  • Gustavo Woltmann: Lindas imagens da cidade. Fui para Balneário...
  • denise: anonimo já diz covarde , ignorante e preconceituoso, vc...
  • Ken: Caracas…. quanto japa!! Fora vcs dois, o resto era tudo...
  • Bilir: No deis nunca, nunca, nunca, por muerto al Madrid. Es un...